Eu sou a favor...

... do pagamento dos sacos nos supermercados.
Porque é um abuso ambiental e típico da maneira portuguesa de ser meter um litro de leite em cada saco.
Porque é desnecessário e bate certo com aquela filosofia "tudo o que é de borla é para levar em grandes quantidades" sem qualquer consideração pelo que se passa ao lado ou abaixo ou a cima.
Porque os sacos de pano são muito mais giros.
Porque já vivi num país que funcionava assim e sobrevivi e portanto sei que doi um bocadinho no início mas depois entranha-se.

6 comentários:

Tobias disse...

eu não acho muito correcto. Já pagamos os sacos de plástico nos produtos, não acho correcto termos de os pagar novamente. Tb não acho correcto, como dizes, usar sacos "a torto e a direito". Acredito no meio termo, que para mim (e passo a publicidade)era praticado no Feira Nova. Lá são os srs do caixa que te põe as coisas no saco. E até parece que fizeram uma formação à conta disso, de tal forma colocam o máximo de produtos dentro de um saco. Não nos colocam os sacos à disposição, dão-nos apenas os necessários!

Mau Feitio disse...

ok, é uma solução. também é solução sibstituir os sacos actuais por outros mais biodegradáveis...

M disse...

Concordo contigo. Às vezes, fazer as pessoas pagar é a única forma de mudar as coisas. Desde que começaram a fornecer aqueles sacos ecológicos que a minha mãe os utiliza, no entanto reparava q lá na terra poucas pessoas o faziam, até agora, que o Pingo Doce começou a fazer pagar os sacos e é ver as pessoas todas com sacos reutilizáveis na carteira! No entanto é mt engraçado ver o que uns cêntimos a mais podem fazer pelo comportamento das pessoas.
Por outro lado os sacos grátis são muito frágeis, não duram nada, obrigando à sua utilização apenas uma vez. E depois, contrariamente à esperiência da Tobias, tenho assistido nos supermercados às meninas a porem as compras nos sacos, separando os produtos por categoria, o q no meu caso (compras para 1) resulta numa data de sacos meio vazios desnecessariamente! Claro que eu digo sempre aos meninos para porem tudo no mesmo saco que não há mal nisso:)

M disse...

Já para não falar do embalamento exagerado com "coisas" de esferovite, q ainda por cima são de reciclagem mt complicada. No meu caso, se eu deixasse, era uma posta de peixe numa coisinha dessas, outro peixe noutra, um bifinho noutra, uma fruta noutra e lá vinha eu cheia de coisinhas desnecessárias e que fazem so lixo para casa ....
As empresas deveriam repensar mt bem essas coisas! è como aquelas embalagens de papel que se usam para agrupar um conjunto de 4 iogurtes. Alguém me explica qual q utilidade de tal acessório?

amora disse...

Eu sou 100% a favor!!... Já tenho o meu saco de pano (azul às bolinhas) metido na carteira, e que levo comigo para todo o lado. E tenho por hábito recusar aqueles sacos pequenissimos que insistem em me dar por comprar uma caixa de medicamentos na farmácia ou uma borracha na papelaria!... O tamanho deles não me dá para os usar para mais nada, por isso em vez de os levar direitinhos para a reciclagem, deixo-os mesmo na loja!...

Mau Feitio disse...

Por acaso também odeio as coisas de esferovite. Enchem-me o balde da reciclagem num instante e obrigam-me a mais uma viagem para pôr o lixo cá em baixo. E os saquinhos pequeninos também são todos recusados. Apesar de só agora ter metido um saco de algodão na carteira, as carteiras são habitualmente suficientemente grandes para comportar essas coisas. Portanto, vive le reciclaje!