E pronto, aí vou eu!

A mala foi feita ontem às 11 da noite. Que se há-de fazer: jantar com amigos nos últimos dias foi mais importante que a mala! Mas agora já está.
Acho que é uma mala estranha. Lá dentro seguem calças de tecido (não vou vestir ganga durante 3 semanas - record mundial!), a saia japonesa, calções e t-shirts, adaptadores de corrente, Vinho do Porto normal e Vinho do Porto fantástico, alheiras e salpicões, novelos de lã, carregadores de telemóvel e descarregadores de fotografias, montes de medicamentos que a Dra. J. não faz por menos e portanto ele é antibióticos, anti-histamínicos, desinfectantes, aspirinas e o mais que exista no kit de sobrevivência que me deu ontem à noite.
A mala tem também a vontade de ver muito, andar com calma, ter 3 semanas de uma outra vida, de gozar uns dias relaxados que não tive no ano passado e que, em plena verdade, não tenho desde que em 2003 tive a ideia peregrina de me meter no mestrado.
E a mala tem também muita amizade dentro! Tanta gente que ligou nestes dias a dizer "Boas férias!". E do lado de cá do telefone via-se o sorriso quente da sinceridade com que o estavam a dizer. E levo esse sorriso comigo.
Vou tentar mandar notícias por aqui mas aviso desde já que os posts se vão chamar "Post mete nojo#". Afinal posso ir de férias mas preciso continuar a fazer jus ao meu mau feitio.

Sem comentários: