O regresso...

... de férias foi longo. Umas 28 horas de viagem (se contarmos o tempo de espera em todos os aeroportos). São muitas horas sem dormir (que inveja da miúda que vinha ao meu lado e dormiu ferrada umas doze horas entre Hong Kong e Londres), sem espaço para mexer as pernas e as costas. É muito ar condicionado e viciado. É muita sala de espera de aeroporto. E acho que o regresso custa mais do que a ida. No fundo, isso é normal porque já não existe a novidade de ir em direcção ao desconhecido. E chega-se a casa com a sensação de que se precisa de um banho de imersão de 3 horas para tirar da pele o cansaço, o suor, a poeira...
Mas também me sabe bem regressar a casa! Ver que as minhas plantas estão vivas e que os meus primeiros morangos estão a crescer, ouvir dos amigos um feliz "Ena, já voltaste!", ir jantar francesinhas e Super Bocks (é um ritual de regresso a casa, depois de mais do que uma semana foram, o primeiro jantar é sempre este!).
Obrigada a todos os que passaram por aqui e foram lendo as histórias desta viagem. Todos os voluntários serão torturados com o visionamento das minhas 300 fotografias!
E mais, que tudo, obrigada à minha querida AnainSaigon, sem quem estas férias não teriam feito sentido! Obrigada pela recepção, pela companhia, pelas conversas, pela forma como que introduziste no teu grupo de amigos! E dá-lhes um beijo meu de saudade; conheci gente muito interessante e espero que a vida nos volte a cruzar numa estrada.

Comentários

M disse…
E que foto linda vocês as duas tiraram:)
Mau Feitio disse…
tenho de te mostrar as outras fotos! demasiado boas para este blog!
Tobias disse…
Bem vinda! É bom ter-te de volta! :D
Anónimo disse…
"Ena! Já voltaste"
Micas