E ainda tive direito a bónus

Não só ouvi o Fernando Machado Soares a cantar (melhor do que eu estaria à espera porque não só estava a alma man também a voz!) como ainda tive o bónus de ele ser acompanhado à viola pelo Durval Moreirinhas!!!!!!
Fiquei louca de contentamento. O Durval é o Deus da viola de Coimbra, o viola mais perfeito que alguma vez ouvi. Porque ele está lá, enche as músicas com conta e medida, exactamente no ponto certo, passando a sua música mas sem nunca procurar protagonismo em relação ao guitarra. Está simplesmente lá, a colocar notas simples no lugar certo, com imensa sensibilidade ao que se passa à volta. Um senhor que apesar de o ser, continua a olhar para o guitarra para ouvir entradas e trinados e que olha para o cantor para perceber durante quanto tempo vai aquela nota voar. Um senhor a quem um dia tive a honra de ser acompanhada e que me provocou uma angustiada meia hora ao vê-lo sentado na primeira fila a ver-me a mim e à SC a tocar.
Um concerto de fazer bem à alma, só isso.

Sem comentários: