Agendas

Descobri que devo pertencer a uma minoria que não usa agendas. Eu tentei duante uns anos. Agendas. Filofax. Tudo acabava a cair no esquecimento e no final do ano as páginas estavam grandemente vazias. Mas adoro cadernos. Vou no 2º Moleskin. O primeiro durou anos e lá dentro coleccionei números de telefone, moradas de restaurantes, listas de compras, códigos de voos, textos em dias em que me sentia com inspiração para escrever, listas de prendas, datas de consultas, livros que queria ler e espectáculos a ver. Aquilo parece muito desorganizado e na verdade é mas com a ajuda da agenda do computador para os afazeres profissionais e o telemóvel para as datas de aniversário e as consultas lá me vou entendendo. De vez em quando percebe-se que se passaram meses sem o abrir, outras páginas são um chorrilho de coisas a acontecer. E os meus belos Moleskin pretos com folhas lisas vão ficando cheios das pequenas coisas que fazem a minha vida.

3 comentários:

eMe-a-eMe disse...

já eu...o que seria sem as minhas agendas... profissional e pessoal...mas se calhar uso-as um pouco como tu usas os teus cadernos...principalmente a pessoal.

p.s.-aqui há meses telefonaram-me de um tribunal da zona a perguntar-me se eu sabia porque motivo não se tinha realizado determinada diligência. e lá estava...na minha agenda "greve dos funcionários judiciais" : )

MauFeitio disse...

:-) esqueci-me de falar do meu caderno A4 do trabalho! esse sim tem tudo o que faço e descubro. guardados religionamente no escritório.

M disse...

Também faço isso!! Tenho um caderninho na carteira sempre pronto a receber listas de coisas a fazer, números, códigos, livros a ler, discos para ouvir, vinhos que me disseram q eram bons, páginas internet, memorandos... enfim... pedaços de vida, como tu;)