A amnésia custa votos

Eu não ligo muito aos partidos políticos. Prefiro ver o que fazem e o que defendem na prática do que pensar muito na filosifia política. Ainda assim, considero-me um ser de esquerda e por isso, em cada eleição, tento ver se algo da esquerda se aproveita e merece o meu voto. E ontem, o Bloco de Esquerda perdeu o meu voto por causa de um pequenino ataque de amnésia.
Lembro-me de há umas semanas ouvir o Miguel Portas a desafiar os partidos a apenas discutirem assuntos europeus durante a campanha para as europeias. Pareceu-me bem!

Ontem ouvi-o na Chamusca a dizer mal da política ambiental do Governo.
Durante uma acção de campanha para as europeias.
Alguém que tem uma amnésia deste tamanho não me vai de certeza representar em Estrasburgo.

A avaliar pelo andar da carruagem, estou destinada à abstenção.

Sem comentários: