Domingo

Acordei e quando a lâmpada da casa de banho não acendeu, a cafeteira não ligou e o frigorífico estava às escuras percebi: bem-vinda à falta de luz em Luanda!
O que vale é que a malta tem amigos que têm família e amigos e acabei por esquecer a falta de luz durante uma tarde de um bom almoço e melhor conversa.

Comentários

Marta Mourão disse…
Xi, isso era tão recorrente! :)
Mas uma vez que a pessoa se habitua, depois acaba por ser normal!!
Samsara disse…
Ainda bem que te desenrascaste, ui ui!

Beijinhos