Uma grande ideia

Uma das coisas que mais cedo entrou para a lista "Não esquecer de meter na mala para Angola" foi uma máquina de costura. Trazer a Micas estava fora de questão e por isso, eBay comigo, leiloa-se, compra-se, verifica-se que funciona bem e mala com ela. Tinha um bocado de medo, mas afinal até me dou bem com a minha máquina eléctrica. Cheguei, ataquei a mesa da sala e montei a minha bancada de trabalho.



E confesso que me faz muita companhia. Faz-me esquecer que estou noutra cidade e noutro continente e que, embora tenha cá amigos, faltam-me alguns muito especiais, faz-me esquecer que não vou a casa no fim-de-semana nem vou caminha na Foz ao final do dia. Quem tem lucrado? A minha prima que vai receber esta manta:





Tenho avançado bastante com a frente e as costas também avançam a bom ritmo. E até já deu para fazer uma prenda de despedida para a minha colega de casa que vai regressar a Portugal.






A máquina é o meu ponto de continuidade entre vidas. faz-me sentir que continuo a ser eu, embora noutra casa e noutro país e noutras empresas e noutro mundo. faz-me sentir que eu sou eu mesmo sem as viagens à aldeia ao fim-de-semana e as caminhadas na Foz e os cafés a ver o mar com os amigos.
A máquina é o meu ponto de continuidade entre vidas. E estou-lhe muito grata!

6 comentários:

eMe-a-eMe disse...

então e este teu cantinho?
por aqui pla blogosfera também "Não há longe nem distâncias" como no fernão capelo gaivota.
está a ficar um espetáculo a tua manta de retalhos. olha que prima com sorte tu tens.

MauFeitio disse...

Tens razão! Este blogue também é muito importante para mim. Porque é onde vejo que longe da vista, longe do coração, nem sempre é verdade! :-)

Margarida disse...

O blog é essencial para irmos sabendo (parte) do que te vai na alma. A malta cá vai lendo, mesmo sem inspiração para comentar!
Já quanto à prima da Micas, quem sabe se essa expedição a terras angolanas não serve para te virares definitivamente para esse prazer...
Bjs e queijos

rosário albuquerque disse...

procurei, procurei e não encontrei o endereço de email, por isso vai por aqui mesmo.
vim retribuir a visita, aliás já várias vezes, e algumas perguntas começam a surgir: que fazes em Angola? e a questão do "devagar se vai ao longe" da coluna da direita está a andar (problemas semmlhantes...)
um beijo de cá!

pin girl disse...

Directamente da Islândia, aqui nos 'antípodas' chuvosos, frios e ventoso, só tenho uma palavra a dizer acerca da manta: 'WOW'!!

Que linda...!!
E o saco também...

Um beijo grande.

MauFeitio disse...

Olá Pin Girl! Aqui dos antípodas quentes e com mosquitos, a malta vai fazendo o que pode para se manter ocupada à noite e para não perder a prática.
Beijos invejosos!