Angolanos orgulhosos

Na 2ª feira Angola jogou o último jogo da fase de grupos do CAN. Nada estava decidido. Tolerância de ponto a partir do meio dia.
Na minha cabeça havia 2 cenários possíveis: Angola ganhava, havia festa a noite toda e a cerveja corria a rodos; Angola perdia, alguma confusão eventual na rua e a cerveja corria a rodos.
Angola empatou. Foi um jogo sem suor nem raça. O empate servia às 2 equipas. Angola e Argélia andaram pelo campo a queimar tempo. Falei com amigos angolanos que estavam indignados com a falta de respeito que a selecção mostrou pelo povo e pelo país.
Angola passou aos quartos de final. Mas sem glória. Não houve barulho. Não houve festa. Este povo orgulhoso foi para casa triste com a sua selecção. Nem o facto de avançarem na competição os consolou. A mim, surpreenderam-me.

Sem comentários: