Conversas com um administrdor

-Estou? Olá! É a sua expatriada favorita!
- Olá MauFeitio! Como estás?
- Tudo bem.- bla bla bla bla
- blabla bla
- Mas afinal quando é que cá vem?
- Se tiver visto, chego aí no sábado de manhã.
- Ena! Que bom! Veja lá se na sua agenda arranja tempo para irmos jantar e pôr a cuscuvilhice me dia!
- Cuscuvilhice não tenho muita. Mas temos muitas saudades suas! Lembro-me de si cada vez que fico à conversa com o seu companheiro de mesa, sentado na sua mesa, e passado um bocado ninguém chegou a tirar-me de lá porque precisa de trabalhar. A sua mesa está lá, desocupada, à espera que regresse para nós!

E pronto, uma conversa de aquecer o coração. Numa casa de engenharia, uma mesa enorme como a minha é demasiado útil para abrir projectos, guardar capas, armazenar as pastas dos assuntos que não podemos perder. Mas a minha está lá, à minha espera. E ao mesmo tempo que isto me aquece o coração, batem as saudades de casa, do escritório, do meu companheiro de carteira com os seus ensinamentos e aquele humor discreto mas acutilante, saudades dos almoços nas tias e das festas de aniversário, das gargalhadas e das secretárias competentes a quem não temos que explicar nada, saudades de me levantar e conversar um bocadinho com os colegas de sempre.
Mas a minha mesa está lá, à minha espera. E eu um dia hei-de voltar para ela!

Comentários

eMe-a-eMe disse…
qual quê.
nada de saudades, faz favor de aproveitar bem, por todos nós essa aventura única : )
eMe-a-eMe disse…
p.s. - por cá anda tudo igual melhér. mais caso face oculta, menos comissões de inquérito, mais gafe menos bronca, mais casamento dos homesexuais menos ameaças de greve, mais orçamento de estado menos despedimentos...
nada de novo, um enjoo.
quanto mais não valem esses teus passeios.
MauFeitio disse…
Obrigada eMe-a-eMe: Já me deste a gargalhada da manhã! Sim, essas chatices não valem nada, cada vez que a malta chega de Portugal conta a mesma coisa, parece que Portugal está parado no tempo, num ciclo eterno das mesmas conversas.
MauFeitio disse…
Obrigada eMe-a-eMe: Já me deste a gargalhada da manhã! Sim, essas chatices não valem nada, cada vez que a malta chega de Portugal conta a mesma coisa, parece que Portugal está parado no tempo, num ciclo eterno das mesmas conversas.
Kelly disse…
Sim, a mesa continua lá! Arrumada, ao contrário da minha... que já não se vê há uns tempos...
Voltei às obras e sinto, profissionalmente, a tua falta... PQO's para fazer, legislação para descobrir...
Mas podes continuar por aí enquanto partilhares connosco as tuas aventuras... até parece fácil!
Bj grande
MauFeitio disse…
:-) Kelly, eu nem sei como é que a minha mesa resiste. Vocês devem berrar todos os dias com o Puto Maravilha para não a atacar!
E estar cá, sim é fácil. É ´só aceitar outra vida! E não ter medo de ser abalroado por um candongueiro ;-)
Kelly disse…
Trata bem do chefe... mas não o trates bem demais! O objectivo é que seja só uma visita!!!