E a contagem começa

Ora aqui está o post "estou quase a ir para casa".
Não sou de contar as semanas para ir a casa. Não sei há quantos dias estou em Angola. Mas na semana de viajar, o nervoso miudinho é inevitável. Quando cheguei ao escritório hoje, estavam lá fora uma série de colegas que chegaram esta manhã. Tinham aquele ar triste de "acabaram as férias". Mas estiveram em casa e abraçaram os filhos. Eu não vou abraçar filhos mas o programa das festas vai incluir:
- cabeleireiro (mal chegue vou para lá a correr que ninguém aguenta esta juba)
- passeios pelo Porto
- jantares, muito jantares.... uns com amigos de sempre, amigos novos, amigos com quem não falei muito tempo porque a vida dá voltas mas agora são companhias habituais, amigos novos e velhos à mesma mesa (o jantar de Lisboa promete!!!)
- paredes de casa que vão ser pintadas de café com leite, chocolate e verde selva (e que bem que vão ficar!!)
- COMPRAS!!!!!! as saudades que eu tenho de experimentar sapatos da Camper e passear pelas lojas a comprar roupa. Estou proibida de comprar livros, descobri que já tenho um biblioteca em Angola.
- será que vou conseguir ir ao cinema?
- convencer os seguros a pagar um chão novo na sala por causa das chuvas deste Inverno (numa das chuvadas tive uma leve inundação, o meu irmão diz que tenho a cordilheira dos Himalaias no meio da sala
- dentista (vai doer, a minha médica quer fazer-me uns implantes)
- congresso de geotecnia (vai saber bem ouvir falar e obras e solos e fundações durante 3 dias)
- uma escapadinha a Lisboa para resolver umas coisas. Será que é desta que consigo ir à Retrosaria?
- alheiras e esparregado de nabiças. Isto ninguém faz como a minha mãe!!! Aposto que ela já tem ementa para todos os dias que vou lá passar. Mimos nunca fizeram mal a ninguém!!!
- aniversários e bolos e o meu irmão a dizer que escolhi o bolo mais feio da história da família (querem apostar?)

Enfim, vou a Portugal (escrevi "enfim, vou a casa" mas como eu digo que agora moro em Luanda tive que apagar), vou descansar a alma, tentar não pensar em trabalho, reaprender a conduzir (se virem alguém a passar-vos pela direita, provavelmente sou eu que isto de conduzir à candongueiro entranha-se) e matar saudades de uma das minhas vidas. A outra fica em stanby durante duas semanas.

Comentários

SofiAlgarvia disse…
Bom regresso! A alma também precisa de descanso e de mimos da Mãe!
Aproveitem bem os vossos dias juntos, com bolos menos bonitos, jantares de amigos de outrora e de agora!
:)
M disse…
Ufff. Fiquei sem folêgo de tantos planos bons que tens para fazer!! Vai-te saber muito, muito bem:) Aposto nas paredes côr de chocolate, nas alheiras com nabiças, nos passeios, na visita à retrosaria, nos mimos que tb tu has-de dar à tua mãe, e vou queres saber de tudo isso, e das aventuras por África, num desses jantares que tb me inclui:)
Boa viagem!
MauFeitio disse…
Sim M, marcadíssimo! Queres alinhar no passeio pelo Porto? Vou correr os lugares bons da cidade com a Pin Girl no sábado à tarde..
M disse…
Até alinho! Se fôr num dos sábados em q tenho aula até às 15h em VC rumo para o Porto a seguir e encontro-me com as meninas crafty para correr por aqueles sítios giros q sabem melhor contigo;)