Salva por um livro

Tinha planos para este fim-de-semana. Ia trabalhar sábado de manhã e depois ia para a praia. Queria acampar lá, estrear a Pipoca, adormecer com o barulho das ondas e passar o domingo de manhã a caminhar. Nada disso aconteceu. Entre muita gente e atrasos e donos de resorts antipáticos, acabei com a tenda montada no terraço de um amigo, sem dormir por causa dos mosquitos (eram reais ou tive pesadelos?), do barulho indecente da festa da casa do vizinho, do ressonar dos outros campistas. A manhã encontrou-me mal humorada. Vim para casa. Um banho e um pequeno-almoço estavam a compor as coisas mas a luz falhou. Lá se foi o plano B: máquina de costura e os mesmo episódios de sempre da Anatomia de Grey.
Mas fui salva pelo livro do Gonçalo Cadlhe! Já tinha lido alguns dos textos mas ainda não me tinha deixado viajar. Hoje fui do Nepal à Polinésia, do México às catedrais europeias. Descobri o fascínio das Galápagos (ainda mais porque um dos livros que ando a ler é a Origem das Espécies) e adormeci em autocarros. Roi-me de inveja das paisagens e das gentes. Lembrei-me mais uma vez que o mundo é grande e que quando for grande quero ser fotógrafa do National Geographic. Descobri uma pessoa com uma visão do mundo que eu acho interessante e por isso mesmo deixei-me voar. Salva por um livro! Continuo um bocadinho com a neura, no próximo fim-de-semana vou fazer o que quero e ponto final. Mas estaria bem pior se não tivesse viajado hoje.
E se alguém conhecer o Gonçalo, digam-lhe para me contactar se passar por Luanda. Acrescentamos à vida uma noite de conversa com uma travessa de quitetas à frente e Luanda iluminada à frente. E prometo que não lhe pergunto qual foi o lugar de que mais gostou!

Comentários

eMe-a-eMe disse…
vez como afinal terminou bem o dia? um livro do Gonçalo Cadilhe é uma excelente companhia. também gosto bastante e também não me importava de ir num cantinho da mochila dele numa das próximas viagens ; ) fica bem, boa semana : )
Marta Mourão disse…
Por acaso tenho uma amiga que o conhece :)
Acho que ele já esteve em Luanda, segundo li no livro dele sobre África.
Eva Lima disse…
Já me abriste o apetite para o livro. Já leste o Sul doMiguel Sousa Tavares? Eu sei que ele é um bocado irritante, mas escreve bem e as descrições das viagens dele deixaram-me a salivar, então S. Tomé e Principe...
MauFeitio disse…
Eva, nunca li. Mas acho que o ofereci ao meu pai.... vou trazer na mala da próxima vez!