Peixe

Já vos devo ter dito algures que o peixe não é um tema fácil em Luanda. Andam uns carapaus a circular em bacias pela rua que não me inspiram confiança, há peixes congelados mas não confio nos geradores de todos os supermercados e há peixe caro, muito caro, embalado em Portugal em supermercados onde é menos provável que os geradores fiquem sem gasóleo (ou se calhar não, sei lá...). Depois pode comprar-se peixe na Samba, ao fim-de-semana, mas está pendurado à beira da estrada e acho que vai ficar rapidamente fumado em dióxido de carbono. A alternativa é um pseudo-fresco acabado de descongelar noutros supermercados. E pronto, lá estou eu a comprar peixe caro, com uma pegada ecológica brutal. Verdade seja dita que se pode comprar aos pescadores nas praias, mas o meu congelador minorca não comporta corvinas de 6 ou 7 kg.
Mas tudo tem solução: descobri que um senhor que conheço tem um barco, falei com ele "Vou ter peixe amanhã!", "Pode aranjar-me dois ou três dos pequenotes que o congelador é mínimo?, "Amanhã ligo-lhe", "Onde é a sua casa que ou aí levar o peixe?"
E pronto, vi-me senhora de 5 peixes, acabadinhos de chegar do mar, o mais pequeno do tamanho de uma dourada das grandes e o resto uns peixes com uns 20 ou 30cm. Vai de amanhar aquilo tudo e meter no congelador. Pormenores interessantes: não tenho tesoura de peixe, não havia água, não havia luz,não sou exactamente perita em amanhar pixe e escamas a voar cozinha fora não é um dos meus melhores sonhos.... mas enfim, há o stock residente de água para as falhas, o congelador meio cheio garante uma boa temperatura de conservação e a tesoura dos tecidos teve por uma hora outras funções.
E pronto, a vossa amiga é agora a feliz proprietária de um congelador cheio de peixe às postas. Não me posso esquecer de oferecer uma garrafa de vinho porque o peixe veio de borla!

6 comentários:

Patinha Feia disse...

Alô miuda! Não é preciso tesoura de peixe... Eu quando o faço, faço com uma faca. Isto qd faço pois me esforço por trazer o peixe sempre amanhado :) Sim a parte de ter escamas por tudo que é lado é desesperante... Bjs

Marta Mourão disse...

Sabes qual era o meu maior stress em Luanda?? Os chocolates!! Porque com o calor estragam-se e eu nunca sabia se estava a comprar bem ou não.
(parabéns pelo 1º ano de África)

MauFeitio disse...

Marta, acho que os chocolates melhoraram.... ainda não apanhei nenhum com ar de ter derretido.... mas nunca se sabe!
Patinha, vai comprar uma tesoura. Acredita que ajuda!

SofiAlgarvia disse...

Desculpa, mas estou perdida de riso a imaginar a cena do peixe a ser amanhado, com as escamas a voar por todos os lados. Lembro-me perfeitamente de ver a minha mãe fazê-lo quando eu era pequena... e eu a afastar-me para o mais longe possível :))

eMe-a-eMe disse...

este post está uma delicia ; )
e não é só por falar de peixinho fresco, não sinhores. estavas inspiradíssima e a história é mesmo gira.

moimemme disse...

Vê-se logo que essa malta está cresceua ver peixe já amanhado e sem escamas pela cozinha fora :-)

Pois eu sugiro que para manteres o stock do teu congelador peças de vez em quando ao Mr.MP pois embora eu nunca tenha visto, há quem garanta que sempre vai pescando. Podes até arriscar ir pescar ...

bjs e diverte-te por mim.