# 12 (365)



# 12 (26/08/2010), originally uploaded by MauFeitio.

Passei pelo estaleiro para ir buscar uns livros que têm de ser digitalizados. E acabei presenteada com couves de caldo verde e as únicas ervilhas e feijões que nasceram naquele quintal. Portanto, cheguei a casa e tentei fazer caldo verde.
Não ficou mau mas não se aproxima do que faz a minha mãe.... E ainda por cima, eu não talhei as couves. Cortei-as. Não as apertei na mão entre o polegar e o indicador e cortei-as devagarinho. Não, eu encostei-as à tábua e faca com elas. Claro, tinham 3 vezes a largura das da minha mãe. Quatro ou cinco vezes a largura das da tia J. É motivo para ser deserdada. Por isso mesmo, preciso de deixar bem claro que a minha mãe ensinou-me melhor que isto, eu juro que sim. Mas a preguiça falou mais alto...

1 comentário:

eMe-a-eMe disse...

: )
daqui donde estou parece-me cheio de bom aspecto. esta coisa de termos mães prendadas dá nisto. nunca estamos satisfeitas com o que fazemos. como te compreendo.