Cacimbo

Estou como diz uma colega: odeio o cacimbo. Gosto das temperauras mais baixas que me permitem manter a camisa seca durante o dia mas não gosto de mais nada. Há pouco sol durante o cacimbo, aquelas danadas nuvens brancas omnipresentes por cima de Luanda, a luz cinzenta. Não dá para ir para a praia porque falta o sol amarelo feliz mas também não é Outono. É só um coisa que faz com que agora esteja em casa, de meias calçadas e uma camisola de algodão de manga comprida, a desejar que lá fora começasse a chover para ser Outono a sério. Mas não é. O Outono não existe em Angola, só esta irritante morrinha que não é nada. E caramba, África não é suposto ser sol o ano todo? África não é suposto ter sempre aquele pôr-do-sol maravilhoso?
Pelos vistos não. É melhor não me irritar muito porque ainda faltam vários meses até ao final do cacimbo.

Comentários

Nuno Cruz disse…
vê a festa maluco que este maluco teu amigo desenrascou para comemorar o doutoramento. 48 horas sempre a abrir.
beijos
MauFeitio disse…
parabéns Nuno! mas não dá para ver... os teus diaposiivos são demasiado pesados para a net angolana!
Mas imagino que tenha sido um sucesso!