Por favor alguém que corte o pio à Ana Gomes

Nunca fui fã da Ana Gomes. Acho que é uma agitadora, acho que diz o que não deve. Caramba, eu sou uma MauFeitio e quando me irrito digo o que não devo mas até eu sei que não o devia fazer. Ver a Ana Gomes na televisão a chamar psicopata ao Khadafi é feio. Não que o homem não seja, claro que ele é louco, mas que eu saiba a senhora não é psiquiatra para andar a fazer diagnósticos. Ela fala sempre tão mal de toda a gente, lança tantas suspeitas para o ar, envenena tanto que espero que ela não tenha telhados de vidro.

6 comentários:

Margarida disse...

Ena! Nem mais! Completamente de acordo! Uf..., começa a falar e dá vontade de fugir...

Carlos Albuquerque disse...

Pronto!
Este seu leitor assíduo hoje tinha mesmo que entrar e escrevinhar um comentário.
Não sou, nem deixo de ser, fã de Ana Gomes. Aliás, não sou fã de quem quer que seja...Não entro em mais considerações, por aqui me fico.
Mas, voltando a Ana Gomes. Conhecia-a, pessoalmente, bem como ao Embaixador António Franco, que julgo ainda ser seu marido.
Acompanhei, durante anos, o trabalho dum e doutro. Dela, como Embaixadora, no notável exercício diplomático (reconhecido internacionalmente) a favor da causa de Timor-Leste. Dele no igualmente excelente trabalho como representante de Portugal no acompanhamento do processo de paz em Angola, a seguir aos Acordos de Bicesse.
Vi a entrevista de Ana Gomes (TVI24) em que ela se refere a Khadafi nos termos aqui citados. Ana Gomes não é psiquiatra, pois não. Mas, que eu saiba, a Mau Feitio também não, é engenheira. Contudo, não se coibiu de afirmar sobre o ainda líder líbio: "claro que ele é louco". Diagnóstico?
Deixe que lhe diga:
O que mais retive da entrevista de Ana Gomes não foi o que ela disse sobre Khadafi mas, sim, o que afirmou sobre Angola, sem papas na língua...Julgo que também terá ouvido ou lido.
Ana Gomes é uma mulher desempoeirada, desinibida. Se tivesse telhados de vidro por certo a nossa predadora comunicação social (sempre ávida) já os tinha descoberta.
Na minha opinião (que não passa de um humilde supor meu), mulheres assim fazem falta à nossa jovem e já enferma Democracia.
Não leve a mal este comentário. É apenas, e tão só, o que penso.
Abraço

MauFeitio disse...

Olá Carlos!
Claro que não levo nada a mal. Era só o que faltava! Todas as opiniões são bem-vindas por aqui, estejam ou não de acordo com o que penso.
Eu referi-me ao Khadafi como "louco" porque essa é a percepção leia que se tem de alguém que, para se agarrar ao poder, mata o seu próprio povo com a ferocidade com que ele tem feito. E reconheço o trabalho da Ana Gomes em prol de Timor Leste. Mas depois disso, é superior às minhas forças, ela irrita-me! Não ouvi o que ela disse sobre Angola... Não aguentei muito tempo na SIC Notícias... E confesso que, como o dia de hoje por aqui correu de forma pacífica, não fiquei à espera das notícias.
Um abraço!
É bom ouvi-lo por aqui de novo :)

Margarida disse...

Quem dera que todos soubéssemos discordar com tanta elegância como o cavalheiro supra (vénia)...
A drª Ana Gomes tem concerteza as suas virtudes, mas que, à semelhança da Rainha Africana (aka Mau Feitio), tem o dom de "me dar nos nervos", ai isso...

MauFeitio disse...

Margarida, apresento-te o Carlos. Um homem que nasceu e viveu em Angola e que eu tenho a tremenda sorte de ter conhecido na blogosfera. Podes fazer vénias porque merece!

Margarida disse...

:)
Já fui espreitar a sua 'cubata'.
Prazer... eu sou a 'petinga'...:)
Nunca fui a África; o meu pai esteve em Angola (fora do cenário de guerra).