O silêncio...

.... é por bons motivos desta vez. Estou em Lisboa a trabalho e as noites são passadas em amena cavaqueira com as amigas. Nada de computadores, nada de me dar ao trabalho de descarregar as fotografias. Mas acho que a Nina está a adorar Portugal. A ver se este fim-de-semana confirmo isso.
Cada vez que cá venho, tenho uma sensação diferente. Desta vez como estou em Lisboa, é como se estivesse num lugar qualquer que faz parte da minha vida. Não é casa, não é o meu posto de trabalho habitual mas é Lisboa. E há coisas que me estão a saber bem: dormir, a luz da manhã.... Aqui a noite é muito mais silenciosa, mais fresca, mais pacífica. Durmo noites seguidas e o bem que me sabe não ter de ligar e desligar ares condicionados ou acordar com os lençois húmidos do suor. E depois acorda-se devagar, com uma luz branca e pálida que diz "Sim, eu percebo, fica mais um bocadinho na cama..." (Em Luanda a luz das 7 da manhã, em dias de sol, diz "Mas que diabo estás tu a fazer na cama? Já está a cidade toda acordada. Preguiçosa".
Faltam 2 meses para serem 2 anos em Angola. Mais um e, se tudo correr como previsto, regresso. E isso continua a ser o que eu quero. Mais uma vez, nestas férias, vou tratar da minha casa mais um bocadinho, transformá-la numas esquinas para se tornar mais acolhedora e mais eu. Porque os 2 anos passaram depressa e não tarda nada estou a fazer as malas de vez. E de cada vez que venho, reforça-se a certeza que é isso mesmo que eu quero.

Comentários

eMe-a-eMe disse…
2 anos? já? passa mesmo depressa.
Na disse…
Home is where the heart is.