@home

Casa. A minha casa. Lugar sagrado, cheio de memórias e o lugar onde me sinto verdadeiramente bem. Um dos sintomas, quando estou em Luanda, de que as férias se aproximam é que começo a pensar no que vou fazer, alterar, que quadros pendurar e que paredes pintar. A casa avança sempre mais quando estou fora do que quando moro no Porto.
Hoje foi mais um dia desses. Há mais uma fotografias nas escadas, quadros trocados de lugar, plantas regadas. Um armário de sonho a caminho, um armário de que não gostava quase a voar pela jnela fora.
E lá fora, o Porto continua soalheiro, com uma luz bonita. É bom estar em casa.

3 comentários:

Margarida disse...

NÃO DEITES O ARMÁRIO FORA!
(depois explico)

MauFeitio disse...

Não vou deitar. era uma expressão :). vai para casa dos meus pais.

Patinha Feia disse...

Alô miúda. Aproveita bem as férias e a tua casa! Pena não estar no Porto para podermos estar na cavaqueira, junto ao teu terraço :) Depois ligo. Beijos grandes