O 365

Está quase. Quase. Mas como têm visto ao longo dos últimos meses, cada vez mais difícil. Por isso importam-se muito que ele acabe um nadinha depois de um ano de ter começado? Daqui a uma semana estou em Portugal para duas semans de férias e a inspiração vai voltar de certeza.
De resto, o "frio" do cacimbo começa a a dar lugar a noites mais quentes e deixa de ser preciso olhar com ar guloso para as mangas compridas. Mas hoje, numa das esplanadas da Ikha, ainda está um dia farrusco, a névoa sobre o mar traz o cheiro a maresia (o que não é normal em Luanda). Só 3 ou 4 habituais se arriscaram a vir até aqui. Parece um dia de Outono, daqueles em que se lê o jornal numa das praias da Foz com um casaco vestido. Delicioso!!!
E sim, daqui a uma semana estou aí. Desta vez fiz menos combinas com os amigos. O cansaço está a pedir paz e sossego e dias ao sabor do vento. Isto parece giro mas Luanda, Maputo, Tete, Luanda, Menongue, Luanda em pouco mais de um mês cansa. Este tipo de viagens tem na verdade menos piada do que parece. É nestas alturas que eu dou a mão à palmatória aos meus administradores e percebo que aquela malta é feita de um estofo especial. Este mês fez-me lembrar o tempo em que estava em Espanha, sempre com a mala meia feita, numa perfeita confusão, ao fundo da cama. E quando se anda assim, há coisas que não se consegue fazer, assuntos que ficam a pesar-nos na cabeça mas que não conseguimos resolver até chegar de novo àquele lugar onde estamos habituados a pensar. Para mim, hoje em dia é Luanda. E em Luanda, aos domingos, é no Miami. Por isso é hora de rematar este post e voltar ao trabalho.
Até breve!!

3 comentários:

Marta Mourão disse...

Apanhei um dia assim em Luanda. Estava mesmo frio! Foi tão estranho. Mas passado umas horas já estava bom outra vez :))

Pramod Negi disse...

I liked it so much and very interesting, too! Thanks for sharing the experience.
Wonderful post, really great tips and advice. I was interested by your comment,
cheap flights to colombo
flights to colombo
colombo flights

Margarida disse...

Bem, esta semana saiu uma reportagem na 'Sábado' sobre Luanda e os 'ricos' que "fáchavôre"!!!
E aí um litro de leite gordo custa quase três euros?!
Coitadinha...
Queres que te guarde uma revista ou sabes melhor do que a repórter dos, digamos, excessos por aí?
;)