De vez em quando

... há coisas que parece que foram feitas a pensar em nós. São tão a nossa cara, a nossa identidade que parece impossível terem sido feitas por um estranho.
Hoje encontrei no mercado de Benfica um quadro assim. Abstracto, feito com tecidos. Lindo de morrer. Perfeito para mim. Deixem-me emoldurá-lo que já o mostro para confirmarem o que eu acabei de dizer.

Sem comentários: