Feliz Natal

Já cheguei a Portugal, já estou na minha aldeia, já dormi aquelas 10 horas fantásticas que só este ar puro me consegue dar. Já temos a canela e os cacetes. E daqui a uns minutos começa a azáfama de amassar as filhoses, fazer os mexidos (não são cá da zona mas eu importei), as rabanadas. É preciso cozer o polvo para o fritar em ovo (e só vai chegar metade à mesa, claro!!), ir buscar as couves à horta, cozer o bacalhau (e daquela altura vai demorar), decorar o arroz doce. Mais uma hora e chega o meu irmão que vai logo cuscovilhar debaixo da árvore e perguntar "quais são as minhas???". Logo à noite, vou sentar-me à mesa incapaz de comer (eu depenico muito na cozinha e as filhoses são boas é quentes!!), se calhar arranjo coragem para ir ao cepo à meia noite (ou talvez não que tá um frio de rachar e eu agora já não estou habituada a estas coisas...).
Mas, o mais importante mesmo, é que estou em casa. Com os meus pais. Com o meu mano. Com os primos e os tios.
Mas hoje, o abraço mais importante de todos vai para a Ritinha, que finalmente concretizou o sonho de colaborar com a Unicef e por isso mesmo vai passar o Natal na Gâmbia. Beijos enormes minha linda! Estamos todos a pensar em ti :)

Feliz Natal!

Comentários

e até aqui se sente o calor do teu Natal. Por aqui a tarefa de continuar a tradição já é minha e estou já de volta do perú para receber todos cá em casa :)beijos e Bom Natal para todos.
MauFeitio disse…
:) obrigada Rosário! Feliz Natal também para ti e para os teus!!

Beijos!

P.S. Olha, descobri que perdi o teu telefone. Não me queres mandar um mail com ele? Eu vou a Lisboa dia 2 e estava a pensar que podíamos almoçar na tua praia no dia 3... se te der jeito e se quiseres, claro!
Teresa disse…
Feliz Natal