New Orleans Day 3

A cidade, a geografia, começam a fazer sentido.
Uma das impressões mais fortes que fica é a noção de as pessoas serem simpáticas. Muito simpáticas! Somos recebidos com um sorriso e um "Hello! How are you today?" em todas as lojas e não é nada raro as pessoas dizerem isto quando nos cruzamos com elas na rua. Acho que não vêm cá muitos portugueses porque quando nos perguntam de onde somos e respondemos "Portugal" a resposta é sempre "Oh!". Eu morar em Angola causa ainda mais espanto.
Hoje entrei numa loja de livros de cozinha (sou viciada em livros de cozinha, caso não saibam). Estivemos uns bons 20 minutos à conversa com a dona. Havia livros da Julia Child impressos na década de 60 e 70! (estive quase a perder a cabeça). Falámos do Mardi Gras, das parades, do que não podemos perder. Eu saí com 2 livros de cozinha e um outro que, apesar de verídico, parece um romance e fala da cidade (impossível não comprar ao ver o entusiasmo com que a Srª falava dele. E eu respeito a opinião de quem gosta de livros!!).
Mas é uma cidade muito turística. Altamente difícil fazer compras que não sejam souvenirs fabricados na China ou na Tailândia.
O trabalho na dureza começa amanhã. As sessões do congresso começam normalmente às 7:30 da manhã. Ainda não começou o nervoso miudinho da apresentação mas não deve tardar....

Comentários

SofiAlgarvia disse…
E as fotos?
E as fotos?
Estás a guardar-te para as parades?
Quero ver tudo!
:)
MauFeitio disse…
:) ando com preguiça de tirar as fotos da máquina... acho que quando regressar a luanda. mas eu mostro tudo, prometo!