Ai que irritação!

Um dos meus lugares favoritos no Porto é (ou melhor era) o Solar do Vinho do Porto. Não havia nada que se comparasse a um fim de tarde no jardim, com o cheiro das rosas no ar, a beber um porto tónico. Ou um fim de noite calmo, numa noite fria, com uns amigos, a beber um porto intenso, cheio de sabor a madeira. Era um lugar especial. Podia pedir-se um porto descrevendo-o "hoje apetece-me algo com madeira" ou "está um dia lindo. Traz-me um porto frutado e leve por favor?". Era um lugar onde se levavam os amigos de fora para que se apaixonassem pela cidade e onde se ia com os amigos de cá que conheciam o segredo.
Fui lá hoje. Os sofás já lá não estão. Nem vestígios de garrafas no bar. O Solar fechou. E eu fiquei triste.

1 comentário:

calita disse...

Como?!?!?!?!?!? Não posso crer. Esse é um dos meus lugares do Porto, também...