Oh não!

O Público, o meu jornal de estimação há 20 anos, o jornal que apoiou a luta anti-PGA e que com isso ganhou o meu coração, acabou de me desiludir. Está mais pequenino, quadrado, com um formato de jornaleco. A crise chegou aos jornais e ao papel que se usa para os imprimir, já percebi. Mas ainda assim, não gostei. Cada vez mais me rendo aos jornais online.

Sem comentários: