Um domingo normal

Os meus domingos têm 2 versões: almoço com a família adoptiva ou manhã na Ilha. Hoje foi dia de manhã na Ilha. Acordar tarde, sair de casa, ser parada pela polícia (que depois de ver os documentos perguntou se não tinha nada para lhe dar para o mata-bicho e levou um não como resposta), conseguir um lugar mesmo em frente à esplanada para evitar os arrumadores. Depois, escolher uma mesa simpática, tomar um mau café e devorar um livro do Agualusa enquanto se vai espiando o mar. Almoço de omolete com batatas fritas completamente afogadas em óleo e uma tarde passada entre a colcha e conversas com amigos. Jantar: o melhor peixe grelhado da cidade no La Vigia. Just another sunday.