A primeira amostra

A primeira amostra
No domingo, quando fui almoçar com a família, e porque comecei a ensinar crochet a um dos rebentos, a tia G tinha uns naperons pequeninos para me mostrar. Gostei do padrão simples, da repetitabilidade. Eram delicados (fruto também da linha fininha com que foram feitos...), simples, combináveis. 
Respire fundo, enchi-me de coragem (que quem sabe fazer isto é a minha mãe e não eu) e tentei tirar a amostra. Contei, olhei, experimentei, e uma meia hora depois, levei o resultado para análise. Pelos vistos consegui!! 
Como algodão que uso acho que vou ter de fazer umas alterações ao design. Mas isso é para outras núpcias. Para já, estou mesmo só orgulhosa!

1 comentário:

Naná disse...

Está mesmo muito interessante!