Ponham os tambores a rufar por favor!

Porque isto agora está assumido dentro da empresa e porque na minha cabeça já estou a planear a vida seguinte, já posso anunciar aqui: em Dezembro vou para Portugal passar o Natal e fico por lá! Olarecas, vou voltar para casa!
Vim em comissão de serviço de 3 anos. Sei que muita gente ficaria contente se eu decidisse ficar mais tempo. Mas a verdade é que não quero. Vivi aqui 3 anos. Foi muito bom! Profissionalmente foi excelente! Mas este não é o meu país, não é aqui que está a minha vida, a minha família, a maioria dos meus amigos. Apesar de tudo o que de bom construí aqui, quero regressar. Para casa. Para a minha cultura e a minha identidade.
Claro que todos me perguntam "Mas o que vais fazer lá?". A resposta é simples: vou voltar ao meu posto de trabalho. Que não é necessariamente o mesmo que há 3 anos atrás mas que existe. Cheio de novos desafios claro. Cheio de surpresas e de uma realidade diferente. Provavelmente numa cidade nova. Mas num país que é o meu. A 2 ou 3 horas de distância dos meus pais. Num país onde sinto que posso caminhar na rua. Num país em que acredito e que quero ajudar a endireitar porque acredito nele.
Basicamente, quero voltar à minha vida. Talvez mudá-la um pouco. Mas seja como for, é minha. Num país que é meu. E do qual quero desfrutar!

Estou a chegar! Saquem dos tambores e dos foguetes por favor!

P.S. E não me venham com a história da crise. Depois de 3 anos em Angola, sinto-me mais ou menos imune a essas coisas. É que apesar de ter sido muito bom, Angola não é exactamente pêra doce. E viver lá não vai ser seguramente mais difícil do que foi aqui.

2 comentários:

M disse...

Sai uma fanfarra!
Estou muito contente por ti:)) E precisamos de ti, da enrgia boa e vital que trazes.

Naná disse...

Olha, não precisei de ir para Angola, mas se fosse, sei que teria a mesma opinião que tu!