Há pessoas que são raios de sol

Uma casinha de presente
Conhecia o blog dela e lia-o de vez em quando. Conhecia-lhe os dotes de fazedora de coisas. Conhecia-a, e à Rosa, no workshop de meias. Gostei do ar simples e descomplicado dela! Na verdade, tanto a Zélia quanto a Rosa revelaram ser as pessoas que antevia dos blogs: curiosas de aprender, com vontade de ensinar, capazes de apreciar o que vêm e com um olho clínico de quem sabe.
Ontem, na caixa do correio, estava um aviso de entrega de encomendas. Um livro que encomendei e uma encomenda... e hoje, quando abri o pacote, dou com um presente. A almofada de alfinetes mais querida que se pode imaginar. Porque sim. Porque apeteceu à Zélia fazê-la e oferecer-ma!
Aqueceu-me o coração e o dia! Ainda não sei onde vai morar porque a verdade é que me apetece levá-la para o escritório para me servir de inspiração. Acho que me vai fazer lembrar que há muita coisa bonita no mundo e na vida. Vai-me lembrar que se consegue muito com pouco. E que, se eu for focada e competente, vou sair do escritório feliz por ir para casa viver a minha outra vida.
Por outro lado.... até estava mesmo a precisar de uma almofada de alfinetes que a minha ficou em Angola....
Não interessa... o que quero mesmo dizer é: MIL OBRIGADAS ZÉLIA!!!!

3 comentários:

Z disse...

Opa! Assim ainda choro! :)

pin girl disse...

muito gira! :) que sorte!!! se bem que, se te conheço, a sorte nada teve que ver com isto... :D

Naná disse...

Muito gira!