Troca, volta a trocar, arruma...

.... Ando de novo com mudanças. Desta vez no Porto. Mais uma caixa e eu grito! E cada vez mais tenho a sensação que isto de ter um apartamento, nosso, é uma chatice. Porque de vez em quando descobre-se que o chão precisava mesmo de ser polido e envernizado de novo, o inquilino desconhecia o conceito de limpar a gordura dos azulejos mas teve inteligência para cortar os casquilhos todos dos tectos e até a porcaria dos camarões tirou, as madeiras precisam de ser alimentadas urgentemente.... Quando uma casa está vazia é que se descobrem os problemas.... Enfim.

Sem comentários: