Domingo de manhã

Domingo de manhã

Descobri que os jardins de Lisboa são mesmo bons para sentar na relva, à sombra de uma árvore, com um livro ou "com sem nada", simplesmente a ver o tempo passar.

Sem comentários: