Entre arranjar coragem para sair de casa

O novo canto 
e ir ver a exposição da Joana Vasconcelos ou ficar por casa a curtir o meu novo canto da costura, escolhi o 2º. A Joana Vasconcelos ainda vai estar mais umas semanas mas a primeira manhã em que realmente testamos o novo espaço só acontece uma vez.
Transformei uma varanda fechada ao lado do meu quarto no espaço dos panos. É mínimo. Ou sou altamente arrumada e organizada ou o caos vai instalar-se em menos de um nada. Ou tenho cuidado ou vou dar muita porrada no candeeiro. Mas é confortável, simpático e a sala fica um bocado menos estranha cheia de panos e lãs. Além de que nesta casa minúscula, não dá para haver espaço que não sirva de arrumação.
Bom, e uma manhã de domingo por casa deu para mais... para fazer um zapping pelos canais para miúdos e perceber que a coisa está uma tristeza. Quando eu era pequena, acordava domingo de manhã para ver desenhos animados. Duvido que me levantasse para ir ver Power Rangers. A malta acha o quê? que os putos são mononeurónicos??? Por favor, passem lá bonecos de jeito e deixem de insultar a criançada.
(Post estranho, eu sei, costura e irritações... mas ninguém disse que a minha mente era um lugar muito lógico aos domingos...)

1 comentário:

J. disse...

uma costureira com mau feitio ;)
nao ha desenhos animados como nos nossos tempos (diz esta nostalgica cronica) :)

quase que nos encontravamos pela ajuda, também queriamos ir ver a joana vasconcelos, mas optamos pela clarice lispector

boa semana!