Eu juro que estou contente com a chuva

Porque com o cansaço que sinto, o vento e a chuva são uma boa desculpa para me deitar debaixo de uma manta no sofá! E para, quentinha, ir tendo ideias de coisas que quero fazer e construir. Há um caderninho que agora está sempre aqui algures na sala para ir passando as ideias para papel a ver se não me fogem. A mesmo tempo, os outros tb dão ideias e sugestões e coisas que gostavam de ver feitas por mim. E eu deixo amadurecer, penso nisso e um dia destes alguma coisa parecida há-de ir parar ao tal caderno.
Mas por hoje, acho que vou ser eu, a manta, o sofá e "Pela estrada fora" do Jack Kerouac.

Sem comentários: