A idade é lixada!

Primeiro comecei a gostar de socas, descobri que o grão-de-bico pode ser saboroso, apaixonei-me pela louça Bordalo Pinheiro e até já sou dona de um prato da lagosta.
Mas por esta não estava à espera.... Não sou fã de fado de Lisboa. Nunca fui. Eu cá é mais Fernando Machado Soares, Luis Goes, Portugal, Jorge Tuna e Durval Moreirinhas. O fado de Lisboa soa-me quase todo a cenas de faca e alguidar com uns trejeitos de voz irritantes. A muito custo o meu irmão conseguiu que começasse a ouvir Ana Moura e um bocadinho de Carminho. Pelo meio, claro que já me cruzei com os fados da Amália. Mas ouvia sem ouvir.
Até hoje.
Hoje, enquanto atravessava a ponte depois de uma incursão ao Alentejo Profundo, tocou na rádio um fado da Amália. E aquela voz... Finalmente conquistou-me. Demorou 38 anos mas hoje, finalmente, comecei a gostar de Amália.
Puto, já sabes o que me podes oferecer no aniversário :)

Comentários

Sílvia Silva disse…
olha eu tb nunca fui fã de fado, mas gosto desta rapariga. sou miúda para comprar o CD e tudo:D https://www.youtube.com/watch?v=Sb66i2Zooaw
Naná disse…
Também nunca fui fã de fado, mas o meu gosto por Amália pode resumir-se assim: os fados dela que mais gosto são os mais tristonhos de todos e no outro extremo os mais alegres.

Depois cresci a ouvir o Alfredo Marceneiro, que era o fadista preferido do meu pai.
Nem sempre apreciei fado, mas não levou tantos anos a acontecer.
Não associo a cenas de faca e alguidar, o fado é o amor e o ódio tudo junto,a alegria e a tristeza, como na vida. É apenas a minha opinião sem perceber nada disto.

http://www.youtube.com/watch?v=M1B1LPSL4aE
O original é lindo e a versão mais recente feito pelo projeto Amália Hoje ia dando cabo disto.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=EIwS-JG7dXc
MauFeitio disse…
Gisela João,mcheck! Toca a investigar mais! E obrigada Vera! Muito giro o clip.... Amália e arte tudo ao mesmo tempo :)