Digam olá à foto-jornalista


Há uns anos atrás, quando estava em Angola, fui contactada pela equipa do Demotix. Não conhecia o site de lado nenhum mas percebi que era um site de foto jornalismo. Carregamos as fotografias e, se forem vendidas, recebemos uma parte. Ok. Inscrevi-me. Carreguei algumas fotos que fui tirando, tentei fotografar coisas a pedido deles. Com o tempo fui-me esquecendo. Recebia uns emails de vez em quando mas não, não ia fotografar as manifestações em Luanda.
Vim para Portugal. Já me tinha esquecido do site. Hoje recebo mais um email. Pois, já não estou em Angola. E em Portugal não há muito para fotografar. "Mas há imensa coisa a acontecer em Portugal" foi a resposta. Fui ao site actualizar o perfil para não ser enganador. Andei por lá. E a certa altura, reparei que, pelos vistos, houve uma foto minha que foi comprada! Por uma valor mínimo, mas sabem que mais? Não me interessa!
Foi o mimo que precisava hoje. O incentivo que precisava para dar mais atenção à máquina e ao mundo. Foi algo que me deu muito gozo em Luanda e está na hora de o voltar a descobrir.
E agora, vou ali para a varanda. É que da minha varanda, vê-se um bocadinho do Portugal de hoje. E se calhar vale a pena fotografar!

Sem comentários: