Ele há dias em que só os gritos

Ontem estive fora do escritório sem acesso ao email. Já sabia que hoje ia ter umas horas más a pôr tudo em dia.
Mas não foram umas horas más. Foi o dia inteiro. Tinha dezenas de emails. Conversas entre resmas de gente, emails para trás e para a frente. Durante o dia continuaram a cair. Não dá para pensar. As pessoas não têm culpa. Precisam de respostas. Precisam de apoio. E o que eu queria fazer, foi tudo para o tecto. O dia produtivo que eu queria ter, foi todo com o caraças. A próxima semana já está quase toda gatada. E para a seguinte já há reuniões marcadas. Dias inteiros.
Se não se importam, vou ali afogar-me em pizza e gelado a ver se isto melhora.

Sem comentários: