Dias de férias... em casa

Sim, na segunda semana de férias fiquei em casa. Pode parecer estranho. Mas o trabalho obriga-me a andar sempre de um lado para o outro. Vai. Vem. Volta. E por isso, uns dias de acordar tarde, passear pelos bairros da cidade que ainda não conheço, descobrir jardins e lojas engraçadas e jardins nas varandas, sabe bem. Depois, as tardes são na máquina de costura. Com calma. Sem pressas.
Antes, férias era sinónimo de uma viagem a algures na Europa. Sinto saudades disso, claro. Do olho arregalado com novidades. Sim, sinto saudades dessa excitação. Mas estou numa fase diferente e preciso de coisas diferentes.
Voltando às coisas boas de ficar por casa. Às vezes o azar transforma-se em sorte. E a encomenda que fiz à Patrícia foi devolvida pelos correios. Por isso, tive mesmo de ir à loja doSemente e finalmente conheci a Patrícia, cujo trabalho sigo à anos. Muita sorte para o projecto, Patrícia!

Sem comentários: