Livros que nos assustam

P8094752

Tenho uma imensa quantidade de livros que ainda não li. Uns porque não. Outros porque um dia peguei neles e as primeiras páginas assustaram-me. Ou porque não estava no espírito certo. Ou porque simplesmente não me agarraram.
Gunter Grass é um desses autores que me assustaram. Quando ele ganhou o Prémio Nobel, perguntei a um amigo alemão, nas costas de um postal, "Who is Gunter Grass?". A resposta chegou uns dias depois, nas costas de outro postal "The angry old man of german literature". Peguei no pregado. Não consegui. Ficou na prateleira.
Mas ultimamente, decidi que há coisas que se calhar agora são possíveis. E no sábado de manhã, meti o livro na cesta, fui passear, e sentei-me com um café e um croissant. Abri-o e comecei. Ainda não me conquistou. Mas já não me assusta.

Sem comentários: