Devo ter andado a dormir. É que anda por aí muita coisa para me irritar.

Como estas declarações do Marinho e Pinto. Nunca gostei do Sr, já se perdeu a conta à quantidade de bacoradas que disse e acho que lhe devia ser aplicado o mesmo tratamento que defendo há vários anos para o Alberto João Jardim: o tratamento do silêncio. Não lhe liguem e não o publiquem.
Eu até concordo que político devem ser bem pagos para se dedicarem em exclusividade ao cargo para que foram eleitos. E para que não sejam corruptíveis. Ou pelo menos que seja mais difícil. Tal como acho que gestores de empresas devem ser bem pagos. Porque a responsabilidade de decisão deve ser bem paga. A gestão danosa deve ser punida.
Mas nada disto justifica aquela frase. Tenho vontade de o correr à tomada e ganho bem mais que o salário mínimo nacional.
Mas em vez disso, acho que prefiro dizer ao senhor que não ganho nada parecido com aqueles valores mas vivo condignamente em Lisboa. Num apartamento giro. Com actividades culturais à mistura. Não frequento restaurantes com estrelas Michelin mas janto fora, e muito bem, algumas vezes por mês. E sim, dedico-me em exclusividade à minha profissão.
Portanto, cale-se por favor.

Sem comentários: