Até que enfim!

melech mechaya
Nos tempos de faculdade, havia uma coisa que todos os meus amigos odiavam: estar ao meu lado durante uma serenata. Não é defeito, é feitio, mas depois de anos e anos a ouvir tudo o que tinha sido gravado até ao final da década de 80 em fado de Coimbra, depois de conviver com fadistas anos a fio, e de tocar, e ter aprendido muito de fado, é natural que durante uma serenata eu comente.... Hum... esta introdução não fica grande espingarda neste fado.... que viola aborrecido... eh pá, o cantor tem de controlar melhor o ar.... oh amigo, duas notas ao lado seguidas??? Pois, digamos que aquilo tirava um bocado da magia das capas negras e das vozes a soar na noite.
Mas é superior às minhas forças. Adoro escalpelizar um concerto. Ouço o conjunto mas vou dissecando cada instrumento. Os dedos, as mãos, a atenção. Ouço cada um até descobrir qual o músico que mais me encanta, qual o pedaço de música que me sabe melhor e vou para esse mundo. Continua a saber-me bem ir comentando estes detalhes com quem está ao lado. E continua a ser irritante para a maioria das pessoas :). Até ontem! Ontem fui a um concerto com quem escalpeliza o que está a ouvir ainda mais que eu. Um ouvido apurado com una leitura muito interessante! E por isso, pela primeira vez, escalpelizar a música não foi um monólogo! O contrabaixo é excelente.. Eu gosto do viola quando ele tem a oportunidade de fazer coisas de jeito porque geralmente está só a fazer o enchimento de fundo. A melodia do violino é interessante. Pois, dava jeito é que o clarinete deixasse o violino falar. Eh pá, tás a ouvir o contrabaixo? Que coisa boa! Deve ter formação de jazz..... 
Até que enfim que encontro alguém tão irritante como eu :P

2 comentários:

Anónimo disse...

Tão perto do palco e dos músicos permite que façamos mais observações que o costume... mas sim; tanto mando foguetes como apanho as canas... realmente o homem da percussão precisava de se soltar mais, e depois houve momentos em que parecia um work-shop musical para adolescentes, ou aqueles bailaricos lá da terra... Não é ser má língua ou ter mau feitio, é simplesmente ter uma opinião critica, não é que eu fizesse melhor. No fundo também fizemos uma desgarrada de cadeira. Achas que conseguimos ao menos irritar os vizinhos do lado? Bom espectáculo.

MauFeitio disse...

Não sei... estava toda a gente tão divertida a ouvir o conjunto que duvido que tenham reparado na nossa desgarrada