A ver se a gente se entende

É engraçado... Temos sempre a mania que Portugal é o melhor. Do mundo. Em tudo. Ninguém cozinha como nós. Ninguém tem sol como nós. Ninguém tem cerveja fresca como nós. Ninguém tem praias como nós. Ninguém tem peixe como nós nem francesinhas (bom, ok, estas últimas até admito que seja verdade). Ao mesmo tempo, português que é português, odeia o seu país. Fala mal dele, somos de treta. Somos sempre mal governados, pobres, desorganizados.... Sei lá, somos sempre maus. Mas ao mesmo tempo somos sempre os melhores. E ninguém se nos compara. Mal, orientem-se!
Quando fui para Angola, um belo dia irritei-me com a velha pergunta do "Então e Luanda?" e escrevi um post furioso (que não me apetece ir agora procurar mas quem conhece este blogue há tempo suficiente lembra-se) porque a verdade é que aquilo era um lugar normal. Uma cidade. Diferente mas uma cidade. Onde fui feliz, onde me esforcei por desencantar as coisas boas e as gentes boas e onde fui feliz! Sim, eu ainda recebo royalties de ter descoberto que em Angola podemos ser felizes! (Ok, muitos recebemos royalties porque muito descobriram a mesma coisa que eu e continuam a ser felizes).
Agora parece que voltamos ao mesmo... "Então e Londres? Vais ter tantas saudades da comida! Como vais viver sem sol? Aquelas cervejas enormes que aquecem, vais detestar. E a chuva! A comida é horrível! Fica longe do marmite!". E mas uma vez só me apetece escrever um post furioso! Sim, sabe-me bem cozinhar comida portuguesa para a festa. Porque a festa vai estar cheia de estrangeiros e eu quero dar-lhes a conhecer o meu país! Sim, sabe-me bem receber vinho português, mas não é pelo vinho: é pelo cuidado! Mas deixem-me dizer-vos que as pies são deliciosas! Deixem-me dizer-vos que trabalhar em Baker Street é fantástico! E morar num país que sabe construir para o frio, é um consolo! E sim, um dia destes vou buscar natas para oferecer à malta mas que mal tem em oferecer coisas boas, sejam elas de onde forem?
Eu odeio aqueles profetas da desgraça que são infelizes fora de casa. Eu adoro descobrir um país e ver o que tem para me oferecer! Quero saber onde está o melhor restaurante portugues cá da zona, mas estou mais interessada em ir aos local pubs ao final do dia! Eu agora moro aqui! E vou descobrir o que isto tem de bom!
O próximo gajo que me disser que eu vou ter saudades da comida e do sol leva tareia, ok?

3 comentários:

Isilda disse...

Uff! Já me livrei de uma tareia!!! Pois subscrevo tudo aquilo que disseste.
O mundo é tão grande e há tanto para descobrir, para quê procurar apenas o que já conhecemos? A diversidade e a capacidade de apreciar a diferença faz parte da nossa riqueza.
Beijinho

M disse...

Parece-me ser a melhor atitude! A atitude de decidir ser feliz.
Há coisas boas e más em todo o lado...

MauFeitio disse...

Mano, só por ter apagado o teu comentário sem querer, e porque tu até me deste umas botas para eu ser feliz à chuva, só por isso tu escapas :)

M e Isilda, obrigada! É bom ver que nao sou a ultima optimista do mundo :)