Brexit

Este, para mim, é um dia triste. Os ingleses que conheço e com quem falei deste assunto sao gente de mente aberta. Eram a favor do sim porque o mundo evolui e é mais aberto. Estavam conscientes dos problemas mas não  achavam que um Reino Unido isolado fosse uma coisa boa.
Eu confesso que andava um bocadinho irritada com a chantagem emocional que andava a ser feita mundo fora para eles ficarem. "Ah, se o Reino Unido sair vai ser mau para todos os outros países". Ninguém dizia o lado bom, ninguém dizia "queremos que eles fiquem porque somos parte de uma mesma construção".
Decidiram sair. E o meu primeiro pensamento foi egoísta, confesso. "Bolas, que raio, é a segunda vez que trabalho num país que não me quer lá!". E se em Angola ela fácil combater isto com um "pois, malta, não me querem mas a verdade é que precisam do meu conhecimento", isso agora não é verdade. Quantos milhares de Gestores da Qualidade qualificados existem? Realmente eles não precisam de mim.
O tempo dirá o que vai acontecer. Mas mais uma vez, o que me vem à cabeça, é que Portugal é um santo local à beira mar plantado que muitos desvalorizam mas que, para quem como eu tem andado, tem andado por fora, parece cada vez mais pacífico e interessante.

Sem comentários: