#41 - 22-08-2016

Eu tenho uma certa tendência para não fazer parte da vida da criançada que mais ou menos me rodeia. Sou a amiga dos pais que mora longe, ou a madrinha que mora longe, ou a prima que mora longe. Com o passar dos anos, claro que eles me conhecem. Com alguns consigo estabelecer uma relação de que me orgulho. Mas demoram anos a conhecer-me. E por isso, ter o meu primo mais novo cá em casa e perceber que ele me começava a reconhecer dos alto dos seus 5 meses, fez-me feliz. Já voltou para casa. Ficou por cá o brinquedo.

Sem comentários: