Adeus Gaia



O tempo passa e a vida muda e as coisas alteram-se e o que era ontem já não é hoje. Hoje ainda é minha mas muito em breve vai deixar de ser. O apartamento de Gaia. Deixa muitas memórias! O meu irmão a puxar-me pela manga da camisa e a dizer "compra o grande". Muitos domingos com o sol a entrar generoso pelas janelas da sala. Imensos jantares, maiores ou menores, com mais ou menos garrafas mortas, com mais ou menos horas de poker a feijões ou King. Amigos a curtir a felicidade agarrados à sanita e a dormir alegremente. A festa da pegada no texto! Por favor, não se podem ter esquecido da festa da pegada no tecto! 

Enfim, decidi que não valia a pena continuar a ser minha. Duas casas numa cidade onde não moro e como eu não gosto particularmente da posição de senhoria, é demais. 
Mas deixa boas memórias, lá isso deixa!

Sem comentários: