2016

Para mim, este foi ano de muitas mudanças. Perdi o meu pai para uma doença que espero um dia tenha cura. Mudei de cidade, de país, de emprego. Fiz amigos novos e tive saudades imensas dos de sempre. A família ficou cá e o que vale é que todos sabemos lidar com a distância e a saudade. Foi um ano cheio, cheio de mudança que quase parece fácil mas, apercebi-me por estes dias, que me cansou muito e drenou-me energia que não sabia que tinha. Tive (e vou continuar durante mais uns anos) a ter de provar o que valho e o que sei. Tenho de provar todos os dias e não estava habituada a isso. Pensei se fiz bem  tomar a decisão que tomei, mas não me arrependo. A vida é para a frente e enfrentar medos faz parte dela. Parece um ano com pouca aventura comparado com anos passados mas foi antes uma aventura que durou um ano inteiro. Cheira-me que vai continuar.
E sei que voltava a fazer tudo de novo se pudesse voltar atrás.

Bom Ano gente boa!

1 comentário:

Isilda disse...

Que o novo ano te traga, pelo menos, a mesma dose de resiliência com que 2016 te brindou!
Beijinho