Das estações

Em África aprendi que não sou fã daquele calor húmido que dura meses sem fim e nos mantém as costas a pingar horas a fio. Também percebi que preciso de estações. Preciso de cores de Outono, de chuva, de frio, de árvores a renascer, de calor de pedir sombra. De certa forma, tenho quase tudo em Inglaterra. Excepto, em raríssimos dias, o calor de pedir sombra. É Agosto e estou a ler com uma manta nas pernas. Vá, não me parece justo.

Sem comentários: